terça-feira, 16 de setembro de 2014

IBOGAÍNA...Primeiros dias de tratamento

Bom dia pessoas queridas!
Desde a ultima postagem aconteceram muitas coisas que vou agora partilhar com vocês.
No dia 9 de setembro foi meu aniversário, e para os que acompanham meu blog, sabem como eu não gosto de datas festivas, devido a muitos traumas ocorridos ao longo destes anos convivendo com a problemática da dependência química em meu lar.Sempre nestas épocas festivas, por infelicidade do destino, ou coincidência sei lá, aconteciam as tão dolorosas recaídas...  
Mas ao contrário da maioria de meus aniversários, posso dizer que este foi considerado um aniversário feliz, apesar de não ter passado ao lado de minha filha e de meus familiares.

Um pouco antes de meu aniversário, meu marido e eu conversamos muito e resolvemos vender nosso carro para fazer um tratamento que há muito tempo ele tinha o desejo de fazer, o da Ibogaína.
Assim como a grande esmagadora maioria de vocês, eu também tinha muitas duvidas e receios a respeito deste tratamento. Mas devido a vários relatos de amigos do Facebook, diversos emails que recebo contando experiências de sucesso de quem já fez o tratamento e hoje permanece limpo, e também por ter lido varias matérias na internet falando positivamente sobre os resultados deste tratamento, resolvemos tentar para ver se realmente o tratamento é tão bom como dizem.
Todos que acompanham meu blog, sabem que desde que o criei em 2012, relato todas as minhas experiências ao lado de meu familiar adicto, aqui relato meus sentimentos, minhas frustrações, as dele, minhas recaídas de comportamento, as recaídas dele, os períodos na ativa, os momentos em que viveu em recuperação, enfim, não escondo nada de vocês.
Aqui exponho minha vida e de meus familiares, muitas vezes erro, as vezes acerto, as vezes sou criticada, as vezes elogiada, a minha intenção de coração, é poder ajudar com minha experiência de vida, o familiar codependente e também o adicto que ainda sofre nas garras da adicção. Se com toda esta exposição de nossas vidas, dos meus muitos erros e alguns acertos nesta minha trajetória de vida eu conseguir ajudar ao menos uma pessoa terá valido a pena.
É gratificante quando eu recebo um email de algum familiar de dependente químico, dizendo que meu blog o ajudou de alguma forma, nesta árdua caminhada em busca de recuperação que nós sabemos bem como é. Só quem passa pelos mesmos problemas para entender. 
Fico igualmente feliz, quando recebo emails de adictos, que ao lerem meu blog, começam a entender melhor o lado de seu familiar codependente e decidem entrar em recuperação.
Não consigo descrever a emoção que sinto quando estas coisas ocorrem na minha vida.
É como se toda esta minha luta de alguma forma não fosse em vão.
Sei bem como é desesperador quando temos alguém que amamos entregue totalmente as drogas, o sentimento de impotência é doloroso, e nos trás uma angustia terrível.
Muitas vezes nós familiares cansados de tantas tentativas frustradas de ajudar nosso ente querido a entrar em recuperação, acabamos perdendo até a esperança.
A maioria de nós familiares, passamos pela experiência de internarmos nossos familiares na esperança de que, quando eles saiam da clínica, eles entrem em recuperação e prossigam com suas vidas, muitas vezes são internados até mesmo em clínicas renomadas de excelente qualidade e mesmo assim quando saem do tratamento depois de algum tempo recaem. Infelizmente a dependência química é uma doença muito traiçoeira, e depende de uma série de fatores para o adicto se manter em recuperação.
Alguns conseguem se recuperar depois de algumas internações, outros participando de grupos de ajuda, outros buscando uma espiritualidade, e muitos, passaram por todos estes recursos e mesmo assim não conseguiram entrar em recuperação.
Quem acompanha minha história sabe que meu esposo passou por 9 internações e outros tipos de tratamento que não surtiram efeito.
Todos nós sabemos que a base da recuperação de qualquer adicto está no querer, isto é fato.
Se um adicto não quiser parar de usar, ele não vai parar de usar e pronto. Não podemos fazer nada para mudar isto.Infelizmente um dos grandes fatores que levam um adicto a ter muitas recaídas, e isto também é fato, são as crises de abstinência, as fissuras, a vontade incontrolável de usar a droga.
E muitas vezes, mesmos o adicto querendo e lutando para se manter limpo para ficar longe das drogas, a doença fala mais alto, as crises acontecem, a vontade incontrolável surge e acontecem as recaídas.
Muitos guerreiros, se mantem limpos por meses e até mesmo por mais de anos, matando um leão por dia, lutando contra os próprios instintos, renunciando diariamente seus desejos, sonhando muitas vezes com a droga, e depois de um longo tempo de sobriedade recaem. 
E com a recaída, tanto o adicto quanto a família, se vêem novamente desesperados, sem esperanças, frustrados por ter que começar tudo novamente.
As vezes o adicto que estava a muito tempo limpo consegue se levantar rapidamente e prosseguir com sua recuperação praticando a programação, não causando grandes danos a si mesmo e nem a família, mas muitos por tristeza, desânimo ou desesperança não sei dizer ao certo, se entregam novamente as drogas começando um novo ciclo destrutivo, piores do que estavam antes, e ali permanecem estáticos, desistindo de si mesmos.
Por este mesmo motivo, muitos familiares também acabam desistindo de lutar por seus entes queridos por não saberem lidar com a doença, ou por não suportar tamanha dor e sofrimento de ver o suicídio lento de quem tanto amam.
Para ambas as partes a situação é desesperadora e desastrosa, ainda mais quando esta situação se arrasta por anos, pois a doença só progride, e o cansaço físico e mental, faz com que as forças se esgotem, tanto a do adicto, quanto a do familiar codependente.
Bem meus queridos, foi por este motivo que eu e meu marido resolvemos fazer este tratamento que todos dizem ser tão bom no auxilio da recuperação da dependência química.  
E a partir de Hoje eu vou relatar neste blog a recuperação ( ASSIM ESPERO) do tratamento após a IBOGAÍNA.
No dia do meu aniversário, ele fez a primeira sessão, ao todo são cinco sessões que são feitas com cápsulas a base de ibogaína.
No primeiro dia ele tomou duas cápsulas, que é chamada dose teste, para ver como o seu organismo reage. Ficou um pouco tonto, mas nada fora do comum.
No segundo dia ele tomou mais três cápsulas. Também não teve grandes reações, um pouco de tonturas e algumas visões que ele diz ter tipo por segundos. 
No terceiro dia ele teve que fazer duas sessões pois como chegamos na terça feira, o tratamento terminaria na sexta, neste dia, na parte da manhã ele tomou três cápsulas, almoçou e na parte da tarde tomou mais sete cápsulas totalizando dez cápsulas...Neste dia ele se sentiu muito mau, pois teve muito enjoo, tonturas, algumas visões e não conseguiu se alimentar até o outro dia.
No quarto e ultimo dia ele fez a quinta sessão e tomou três cápsulas. Neste dia foi tranquilo, ele se alimentou se sentiu muito bem e disposto, segundo ele, estava se sentindo leve e com uma sensação de paz e tranquilidade.
O tratamento difere de paciente para paciente, cada caso é um caso, por isso antes do tratamento eles examinam cada paciente para ver as dosagens de medicação que cada paciente deve tomar. Uns tomam mais cápsulas, outros menos, somente um especialista para analisar cada caso em específico.
Bem meus queridos, vale a pena ressaltar, que: Antes de fazermos este tratamento com meu marido, pesquisamos inúmeras vezes na internet sobre este tipo de tratamento, e buscamos muitas referências do local onde faríamos o tratamento.
Infelizmente o tratamento com a IBOGAÍNA não é barato, mas também não chega ser um absurdo.
Existem pouquíssimos lugares no Brasil que estão autorizados a fazer este tipo de tratamento, mas...infelizmente como tudo neste país, já arrumaram um jeito de ''PIRATEAR'' a ibogaína, e muitas clínicas estão usando de má fé e fazendo o tratamento com ibogaína falsificada, quando não é falsa estão diluindo a iboga drasticamente...Uma porção de cápsulas que é usada para fazer o tratamento de 1 paciente estão diluindo e misturando com outros produtos, fazendo o tratamento para quatro ou cinco pessoas...Lamentável isso. Pessoas sem moral e sem escrúpulos se aproveitando da dor dos familiares, da doença do adicto visando ganhar dinheiro em cima da desgraça das pessoas em um momento de desespero...
Tenho visto algumas pessoas vendendo a ibogaína por um preço extremamente barato na internet para fazer o tratamento em casa, desconfie. A ibogaína é um produto caro meus queridos, pesquisem na internet, busquem referências, tomem muito cuidado. 
O tratamento com a IBOGAÍNA não se resume a somente tomar as cápsulas e vir embora para casa.
Todo o processo é acompanhado por uma equipe de médicos, terapêutas, e psicólogos altamente qualificados,capacitados e especializados no tratamento de dependência química.
Durante toda a semana eles fazem varias sessões de terapias e procuram identificar e tratar a causa principal que levaram o dependente a fazer o uso da droga pela primeira vez, e ajudam através das terapias o paciente a se conscientizar e a superar traumas que estão no subconsciente, que antes o levavam inconscientemente a procura e ao uso de drogas como uma forma de fuga para não encarar estes problemas.
Todo processo das sessões com a ibogaína são monitoradas todo tempo por médicos e psicólogos.


Infelizmente nem todos podem fazer o tratamento com a IBOGAÍNA, por isso é preciso que se faça o tratamento em lugares especializados acompanhados por uma equipe médica capacitadas para se trabalhar com este tipo de medicamento.
Eles dão todo um suporte para o paciente e para a família esclarecendo todas nossas dúvidas a respeito deste tratamento e como passa a ser a vida do paciente após o tratamento.
Eu particularmente fiquei muito satisfeita com a atenção e os resultados obtidos até o presente momento com este tratamento que antes para mim era algo surreal. Enquanto estive por lá pude ver a mudança não só em meu marido, mas em outras pessoas que também estavam lá fazendo o tratamento e saíram de lá visivelmente melhores. Em todo o tempo o familiar pode acompanhar de perto o tratamento junto ao familiar adicto, isto nos trás muita segurança.
Desde que chegamos em casa tenho notado uma diferença no comportamento de meu marido.
Ontem estávamos conversando, e ele me confidenciou, que a muitos anos não sonhava, apenas tinha pesadelos, e todos eles relacionados a drogas. Desde que fez as sessões com a ibogaína, não tem tido mais estes pesadelos com a droga, agora tem sonhos, sonhos normais como todos nós, ou simplesmente dorme tranquilamente. Antes ele acordava depressivo, angustiado, sempre com um mau humor e irritabilidades características das crises de abstinência.
Agora tem acordado feliz, em paz, mais calmo, e segundo ele não sente o mínimo desejo de fazer o uso de nenhum tipo de droga, nem do álcool, que ultimamente ele não passava um dia sem o uso, nem do crack. Segundo ele, ele se lembra da droga, mas não se imagina mais usando, nem se lembra do gosto ou a sensação de prazer que elas proporcionavam.
Durante as sessões ele fumou cigarro, nos primeiros três dias, mas depois largou também do cigarro, e diz não sentir a miníma vontade de fumar.
Bem meus amigos, vamos ver com o passar dos dias como vai ser a evolução deste tratamento. 
Eu vou relatando para vocês aqui no blog todo o processo de recuperação. Se este tratamento continuar ajudando meu marido, que lutou durante tantos anos nas garras da adicção ativa, tenho fé no amantíssimo Deus que poderá ajudar muitos que ainda sofrem no vício.
Vale lembrar que para qualquer tipo de tratamento o dependente químico, precisa ''QUERER'' se recuperar. Em se tratando de dependência química, toda tentativa é valida para resgatar quem amamos das garras da maldita droga. 
Não vou colocar o nome da clínica onde fizemos este tratamento, por questões éticas.
Mas quem quiser saber mais detalhes sobre o tratamento e local onde fizemos, valores, etc... entrem em contato comigo pelo meu Facebook. ( o link está na lateral do blog)
Existem muitas pessoas que não conhecem nada a respeito da ibogaína, eu tenho um post neste blog explicando melhor tudo sobre este tratamento. 

CliqueAqui http://lucianalpsm.blogspot.com.br/2014/04/sobre-ibogaina.html

Bem meus queridos, quanto a mim, sigo com minha vida cuidando de mim e de minha recuperação.
Nunca criando expectativas, mas sempre na esperança de que dias melhores virão...
A partir de segunda-feira meu marido volta ao trabalho, enquanto isso vou postando as novidades da recuperação pós Ibogaína. Vamos ter fé que este tratamento de certo, assim como tem dado para muitos, para que com isso possamos renovar nossas esperanças e ajudar com essa nova técnica de tratamento, muitas pessoas que ainda sofrem por causa do vício. Vale lembrar que segundo estatísticas, o tratamento com a ibogaína tem 80% de chances na recuperação da dependência química, e porque não 100% ? Segundo eles 20% depende da vontade e do ''QUERER'' do paciente em se manter limpo e em recuperação. É a questão do livre arbítrio, que sabiamente Deus nos deixou e ninguém pode nos tirar, a ibogaína tira apenas o desejo e a compulsão do adicto pelo uso das drogas, mas nada o impede de ele voltar a usar se ele quiser. Aí fica a critério de cada um.
Deus nos da as ferramentas, cabe a nós decidirmos como iremos usa-las...


Muita paz e serenidade a todos vocês e seus familiares...Amo todos vocês incondicionalmente.

9 comentários:

  1. Q Deus ajude vcs nessa luta q serão vencedores!

    ResponderExcluir
  2. Eu creio amiga! Que Deus esteja ao seu lado!
    Acompanho seu blog a algum tempo e tenho um tb! Graças a Deus meu marido está bem e Liberto, Mais hoje gostaria de pedir a sua ajuda para divulgar a história de uma moça que me pediu ajuda para uma internação. Leia o post:

    http://1diadecada.blogspot.com.br/2014_09_01_archive.html

    Tenho esperança que alguma pessoa possa doar esse tratamento para ela.
    Obrigada Bjus!

    ResponderExcluir
  3. Tenha fé...ela nos faz caminhar sempre olhando pra frente!!! bj.

    ResponderExcluir
  4. gostaria de saber o endereço da clinica , pois tenho o meu filho adicto desde os treze anos , hj ele esta com 34 anos e comversei a respeito da ibogaima e e se interessou aguardo seu contato , desde ja grata e atenciosa .

    ResponderExcluir
  5. Ibogaína foi testado e provado ser o remédio mais eficaz para dependência de drogas. Você está cansado de seu vício em drogas, álcool, cigarros, etc. E-mail; ibogasolutions@live.fr, para obter detalhes. Ibogaína é uma nova terapia para dependência química que elimina sinais de abstinência físicas e interrompe o comportamento ânsia de drogas. É tanto um vício-breaker terapêutico e psicoativa. Ele ajuda a quebrar ambos os vícios de drogas e álcool. Todas as informações e ajuda sobre como administrar o tratamento ibogaína também é fornecido.

    ResponderExcluir
  6. Bom dia amigas e amigos. Meu filho fez ontem. Não tinha outra alternativa. Estava louco, se recusava ir para qualquer clínica, pois já esteve internado compulsóriamente, e foi traumatico. Rémedios e acompanhamento psiquiátrico, sem efeito nenhum. Só gastando...gastando...e nada. Enfim, li o blog da Luciana, criei coragem, arregacei as mangas e fui a caça. Não acompanhei o processo esta noite, porque estava de plantão. Mas já recebi uma ligação de que deu tudo certo, acordou sem poder sentir o cheiro do cigarro, que já era uma chupeta para ele. Ele surtou sábado retrasado, pensei em uma nova internação, até que a clinica fosse liberada. Fui visitá-lo no sabádo, com a filha dele, não foi muito bom, pois estava na fase de desintoxicação, voltei no domingo. É usuário de cocaína e inalantes, é compulsivo, recebeu a rescisão da empresa e em uma semana cheirou R$ 40.000,00 aproximadamnete. Eu acredito e confio. É sim uma esperança para todos os familiares, a dor é muito grande de ver um filho ser ganho pelas drogas. Estava perdendo meu filho para a cocaína. A situação dele estava de dar pena, magro, nervoso, só não estava como um "nóia", porque eu sempre o acolhi. A partir de hoje, sinto que meu filho renasceu, sei de todos os cuidados, do perigo da recaída, mas o terapeuta é bom, continuará depois de sair a fazer um acompanhamento, para a manutenção. O bom ele quis ir. No fundo sabia que estava pedindo ajuda. Foi para a clínica sózinho. Agradeço a tudo que li, quando efetuava pesquisas. Que a paz esteja com todos, com todas as famílias. Estou muito feliz.

    ResponderExcluir
  7. Ah ...o tratamento não é caro, existem profissionais que não pensam em ganhar dinheiro apenas, e sim levar o tratamento a muitas pessoas por amor, ou por terem também passado por alguma experiência, como é o caso do que conheço, a clínica é aberta, um modelo americano que ele denominou "casa de sobriedade", são poucas pessoas, ou seja, as que realmente querem se livrar do vício. Podem sair a hora que quiserem, isso que encantou meu filho, que não queria ficar "preso", podem usar internet, se comunicar, é necessário a desintoxicação, a casa recebe poucas pessoas, porque a terapia é individualizada, o que é muito bom, pois cada caso é um caso. E não como uma clínica com muitas pessoas, que uma regra ou tratamento serve para todos. Amei.

    ResponderExcluir
  8. Bom dia Lu,venho acompanhando sua luta a algum tempo, sou terapeuta alternativo (hipnoterapeuta) e faço também terapia com Iboga (a casca da planta trazida direto do Gabão e não a ibogaina sintetizada), tenho ajudado algumas pessoas nos últimos dois anos, sendo que com uma grande parcela obtive resultados maravilhosos, outros nem tanto, depende muito do querer de cada um, uso a hipnose e um lado que nem sempre é levado em conta nas terapias, o lado espiritual, que é o que leva às recaídas, faço esse tratamento na cidade de Palmelo, é uma cidade espiritualista do interior de Goiás, onde o adicto sai limpo física e espiritualmente e os resultados tem se mostrado a longo prazo, o tratamento não precisa de internação, fica hospedado em pousada e tem o meu acompanhamento 24 por dia. Não tenho a intenção de usar seu blog para fazer publicidade do meu trabalho e sim poder contribuir para que possamos ajudar o máximo de pessoas possível e se livrar da maior praga da humanidade no momento.
    Obrigado pela intenção é que assim seja.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já que não está visando publicidade e renda. Me venda a Iboga. Pois sou de minas e não possui este tipo de tratamento aqui. Meu email BHVibes@gmail.com

      Excluir