segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

IBOGAÍNA X RECAÍDA....


Infelizmente as notícias não são boas...
Quando criei este blog, foi como propósito de dividir com vocês a realidade da minha convivência com meus familiares adictos.
Gostaria muito de apenas relatar notícias boas neste espaço, porém, neste momento esta não é a nossa realidade. A vida é feita de altos e baixos...Hoje estamos tristes, mas amanhã é um novo dia. Dor partilhada é dor diminuída. Ainda bem que tenho vocês, que me dão forças e esperanças de continuar vivendo o meu ''só por hoje''... Obrigado!!
Bem, vamos aos tristes fatos...
Minha irmã, infelizmente teve uma recaída.
Não havia completado nem 60 dias que ela havia feito o tratamento com a Ibogaína e recaiu.
É obvio, que minha mãe está desolada. Afinal de contas, em nossas cabeças cansadas de tanto sofrer por conta da adicção de nossos entes queridos, a Ibogaína é como se fosse uma ''ultima tentativa''...
Minha irmã, já demostrava sinais visíveis de que estava prestes a recaír. Após as sessões com a ibogaína, a clínica onde fizemos o tratamento nos passaram uma dieta para fazermos para nossos adictos com algumas restrições, como por exemplo; bebidas estimulantes como, café, energéticos, refrigerantes, frutas cítricas, molhos de tomate, etc.
Minha irmã desde o início não seguiu a dieta, tomou refrigerantes, comeu comidas que continham molho de tomate, e nos últimos dias até  cerveja começou a tomar.
Sabemos que o tratamento com a ibogaína não é a cura da adicção, e tão pouco uma espécie de milagre. Os resultados do tratamento são animadores, pois temos até 80% de chances de recuperação, mas 20% depende do adicto ''querer''. Se a pessoa que vai fazer o tratamento não estiver disposta a levar realmente a sério o tratamento, de nada adianta o familiar investir o dinheiro em um tratamento  relativamente caro, pois não vai obter bons resultados. Todo tratamento é preciso da colaboração do paciente para obter os resultados necessários, com a ibogaína não seria diferente.
A ibogaína tira os sintomas de abstinência e da fissura, porém, não muda o comportamento do adicto, e sabemos bem que se não houver uma mudança de comportamento as chances de uma recaída são enormes.
Gostaria também de alertar os familiares que em hipótese alguma, o adicto deve fazer o uso de bebidas alcoólicas nem mesmo com o pretexto de ''beber socialmente''.
O álcool definitivamente dispara o gatilho para o uso de outras drogas.
Como especialistas dizem que a ibogaína da uma espécie de ''reset'' no cérebro do adicto e o faz esquecer o tempo de uso voltando a ter a mesma vida de antes das drogas, muitos se iludem achando que podem ter o controle sobre a bebida e insistem em beber socialmente.
Isto é IMPOSSIVEL...Se o adicto voltar aos velhos hábitos, fatalmente voltará a ter a mesma vida de antes.
Todos os casos de pessoas que recaíram após a ibogaína que tive conhecimento, foi de pessoas que insistiram em beber achando que conseguiriam ter o controle sobre a bebida. A regra é ''Evite a primeira dose''.
A adicção é, e sempre será uma doença compulsiva. O adicto nunca terá o controle sobre o uso de qualquer tipo de droga. Isto esta mais do que comprovado meus amigos.
Infelizmente existem muitas pessoas agindo de má fé, prometendo milagres e a cura definitiva com o tratamento da ibogaína, pesquisem muito antes de decidirem fazer o tratamento. Como já ressaltei em posts anteriores, não façam o uso da ibogaína em casa, de nada adianta comprarem a ibogaína pela internet para o adicto tomar em casa, pois é muito arriscado, e o tratamento tem que ser feito acompanhado por pessoas especializadas e capacitadas para isso.
Tenho recebido alguns e-mails de pessoas que levaram golpes de clínicas que fizeram o tratamento com a ibogaína e logo em seguida recaíram, e quando os familiares foram procurar algum suporte nas tais ''clínicas'', as mesmas já estavam fechadas, ou seja aplicaram o golpe e fugiram com o dinheiro dos pacientes ibogaínados.  Uma destas clínicas golpistas ficava na cidade de Santa Isabel, no vale do paraíba. Tomem muito cuidado com estas pessoas que só pensam em explorar o familiar em momento de desespero.
Mais uma vez quero ressaltar, que não são todas as clínicas que são autorizadas a fazer este tipo de tratamento, por isso pesquisem muito antes de tomarem a decisão, busquem referências.
Infelizmente, ainda existem poucos lugares que fazem este tratamento com seriedade.
Após o tratamento com a ibogaína, é necessário que o adicto continue fazendo terapias periodicamente, para que o tratamento obtenha o resultado desejado, não é apenas fazer as sessões com a ibogaína, tem que ter um acompanhamento com especialistas para se tratar o comportamento adictivo. A pessoa tem que se conscientizar de que deve evitar lugares, pessoas e comportamentos da época da ativa. Recomenda-se a pratica de exercícios físicos, participar de grupos de ajuda, e buscar uma espiritualidade. Apenas desta forma o tratamento obterá bons resultados.
Como vocês podem notar, não existe milagre, tudo depende da boa vontade e do esforço do adicto de se manter em recuperação, a ibogaína é apenas uma ferramenta de ajuda no auxílio a recuperação do dependente químico.
Vamos orar para que minha irmã tenha um despertar espiritual e entre de fato em recuperação, vamos tentar conscientiza-la a fazer uma aplicação extra de ibogaína, na esperança de que desta vez ela leve a sério a sua recuperação. Infelizmente não está em nossas mãos, depende somente dela. Nós a amamos, e queremos muito vê-la bem, e em recuperação.
Estamos tristes com o fato, mas não perdemos a fé de que amanhã possa ser um dia melhor que hoje... Vamos vivendo um dia de cada vez com a ajuda do nosso Amantíssimo Deus.



Se quiserem falar comigo a respeito do tratamento com a ibogaína, me contatem através do e-mail:
lucianamarcelin@gmail.com
ou mandem mensagens diretamente na minha pagina do face: https://www.facebook.com/14anoslutandoporumdependentequimico?ref=aymt_homepage_panel.
 
Muita paz e serenidade a todos nós...AMO CADA UM DE VOCÊS INCONDICIONALMENTE.

12 comentários:

  1. Pois é nega....o milagre está na decisão...a Ibogaína ajuda...muito...mais ela apenas ajuda...que sua irmã volte a si....e o Homi tb fez o tratamento...com a Ibogaína, por enquanto bleza...vamos aguardar :)

    ResponderExcluir
  2. Pelo que vimos no video do Prof Dartiu Xavier, é comum a recaida e é comum precisar de uma segunda e até de uma terceira aplicação de ibogaína. Conversa com ela e leva pra refazer o tratamento porque as chances de dar certo ainda são enormes. Força e coragem, ainda está dentro do processo, ainda está valendo.

    Janete

    ResponderExcluir
  3. Ninguém nunca nos disse que seria fácil, não é mesmo, querida?!?

    Como comentou a Kel, a fórmula mágica para o milagre é apenas uma, e, digamos que é até bem simples: a DECISÃO!

    A Ibogaína é "apenas" um fortalecimento para a decisão e que pode oferecer bons resultados se o adicto tiver a "tal da boa vontade".

    Agora só resta aguardar as cenas dos próximos capítulos.
    Paz e serenidade...

    bjs
    Tamujuntas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. estamos sempre juntos nessa luta né...
      http://soporhojevoucuidardemim.blogspot.com.br/

      Excluir
  4. Mas todos sabem que para qualquer terapia de recuperação de dependentes de quimicos ou outro vicio qualquer , a mudança de habitos ,de ambiente, até de amizades do vicio é fundamental na recuperação. Só uma ou outra medida não é suficiente para ter exito. Se faz sempre necessario uma ação conjunta de varias mudanças pra garantir a compreta restauração de uma vida normal de um viciado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. estamos sempre juntos nessa luta né...
      http://soporhojevoucuidardemim.blogspot.com.br/

      Excluir
  5. Olá, eu estou fazendo o tratamento da Iboga pela segunda vez, e ela funciona mesmo.
    Não desanime, ela pode e deve fazer um novo tratamento, mas enquanto ela não tiver o desejo de parar, não há nada a fazer. Tenho certeza que ela logo cansará desta vida, pois a Iboga transforma o nosso espírito. Boa sorte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e como vc esta hj? recaiu?

      Excluir
    2. to querendo fazer mas queria saber de alguem q usou

      Excluir
  6. Eu tomei ibogaína no inicio do ano e surtiu efeito...ainda tenho pesadelos q estou usando mas qdo acordo não sinto vontade...se quiserem conversar me add no face Fabio van Tol

    ResponderExcluir
  7. Seu comentario me deixou com medo, vou tomar Ibogaina dia 22, to me mantendo limpo pra isso, eu preciso que isso de certo e não posso ter recaida, seria bacana sua irmão apos a ibogaina tomar o heantos.... vale tudo contra a adicção.

    ResponderExcluir
  8. Seu comentario me deixou com medo, vou tomar Ibogaina dia 22, to me mantendo limpo pra isso, eu preciso que isso de certo e não posso ter recaida, seria bacana sua irmão apos a ibogaina tomar o heantos.... vale tudo contra a adicção.

    ResponderExcluir