quarta-feira, 21 de novembro de 2012

OU 8 OU 80...


Olá meus queridos, tudo bem com vocês? Que todos possam estar na mais perfeita paz e serenidade e que DEUS possa estar abençoando a vida e o lar de cada um de vocês...
47 dias limpo...este é o tempo que meu esposo segue sua vida sem o uso das drogas...Estou feliz, mas mantenho sempre os pés no chão, e procuro não criar expectativas para não me decepcionar pela enésima vez. Claro que em momento algum deixei de acreditar na recuperação dele, nem perdi a minha fé, mas confesso que acreditar nele ainda é muito difícil para mim, se é que vocês me entendem.
Desde que ele saiu da comunidade, ele tem trabalhado sozinho, e tem voltado todos os dias no horário certo para casa, isto para mim é uma grande evolução,  visto que fazia anos que ele não saia sozinho para trabalhar, e quando saia (pouquíssimas vezes) não voltava para casa devido as suas recaídas...
Ele tem ficado com o dinheiro, pois é impossível controla-lo daqui de casa, nunca sei quanto ele ganha pois ele trabalha por conta e praticamente mexe com dinheiro o dia todo...
Não exigi quase nada dele, apenas que ele não voltasse a beber ou usar qualquer tipo de drogas, inclusive o cigarro, e ele aceitou numa boa.
Meus queridos, quero que vocês me ajudem sobre uma situação que vem acontecendo desde que ele saiu da comunidade, alguém me abra a mente e me sugira como agir, pois estou confusa e não quero errar em minhas atitudes e decisões...
A comunidade onde ele ficou, era uma comunidade evangélica, até ai tudo perfeito, pois ele sempre foi desta mesma religião. Lá havia cultos e orações quase o dia todo, e todos os dias.
Quando ele chegou, notei uma grande diferença em suas atitudes, estava mais calmo, tolerante...
Vocês devem estar pensando... ''que maravilha'', está tudo perfeito, não é mesmo?
Acreditem que estou muito feliz com as mudanças desde que ele voltou de lá.
Agradeço a DEUS por cada dia que ele volta do trabalho em paz, e que não tem gasto o dinheiro com porcarias, agradeço por ele estar se dedicando a sua recuperação ...Então qual é o problema? Que motivo tenho eu para reclamar?
Primeiro,  quero que entendam que não estou de maneira alguma reclamando, e sim tentando entender estes comportamentos exagerados que meu esposo adquiriu desde que saiu da comunidade...isto é um bom ou mau sinal??
Vamos aos fatos... Todos os dias nos momentos em que ele está em casa, ele ora e fica lendo a bíblia o tempo todo, baixou a bíblia online no not e no pc de minha filha...
Já me fez ler a bíblia inteira, toda momento temos que ler a bíblia, não importa o que estejamos fazendo, e tem que ser tudo a maneira e a hora que ''ele'' quer.
Na tv só podemos assistir filmes bíblicos: Jeremias, Josué, Os dez mandamentos, Sansão e Dalila...e por ai vai...
Quando sai para trabalhar já pede para eu ficar baixando filmes evangélicos para quando ele chegar assistir.
Musicas?  Isto não me pertence mais...rsrs...Louvores, Louvores e Louvores...THALLES ROBERTO, DIANTE DO TRONO, TRAZENDO A ARCA, ETC....
Eu adoro louvores mas o próprio DEUS nos diz na bíblia que tudo que é demais não é saudável.
Não existe outro assunto desde que ele saiu, a não ser igreja, Deus, pregações, filmes gospel, louvores e por ai vai...
Minha filha está quase surtando...afinal ela é uma adolescente.
Toda hora ele me chama para orar. Orar para dormir, orar ao acordar, orar para comer...
Sem contar que agora ele colocou na cabeça que é quase um santo e nós somos "as pecadoras"... Kkkk
Estou feliz pela fé que ele está tendo.  Agradeço a DEUS pela mudança, afinal prefiro mil vezes um crente fanático do que um adicto na ativa.
Só estou confusa pois não sei como agir, pois acho que ele esta exagerando demais ...
O que vocês acham que eu devo fazer? Devo conversar com ele sobre o assunto?

Beijos, muita paz e serenidade!!! amo vocês incondicionalmente!

TAMUJUNTU.

13 comentários:

  1. bem Lu..no que eu pouco sei que ja ouvi falar...que vi, em partilhas, palestras, enfim...o adicto muitas vezes troca uma compulsão por outra...ja vi em partilhas que a mãe comentava que tb musica em casa erma somente hinos...rs..que ela tb preferia mil vezes um filho fanatico religioso do que na antiva..porém aquilo a incomodava, pq ela gostava de ouvir Roberto Carlos, etc, etc...o retorno que deram a ela foi o seguinte...essa troca de compulsão bom não é..mais é menos pior...o ideal é que ele se tratasse espiritualmente, psicológicamente e fisicamente, com médicos, grupos e religião...porém se assim ele está conseguindo não o critique, tb não é certo vc ter que abrir mão das coisas que gosta de fazer, nem certo e nem justo...o ideal é que com muita paciência e jeitinho...vá fazendo os seus gostos tb, sem impor...a mãe então na reunião seguinte veio feliz dizendo que..ela havia falado assim pro filho dela: meu amor...eu acho lindo os seus hinos, mais vc se lembra quando cantavamos as musicas do roberto carlos juntos(ai ela começou a cantar detalhes) e ele a acompanhou...e aos pouquinhos as coisas vão se encaixando entende..? seguidno o conselho do adicto chaves..fale de seus sentimentos e não o acuse...exemplo...quando ele chegar assista um filme de romance...antes dele abrir a boica o abrace com carinho e fale ai que saudades de ficar assim abraçadinha com vc vendo um filme romantico...rs.´..acho que assim tentandos er assertica vc consegue..bjuu

    ResponderExcluir
  2. Nossa , como eu queria meu amoor assim .. isso não faz mal .. isso preenche o vazio de dentro , o vazio que o mundo deixa dentro da gente .. eu gosto de ouvir musicas seculares , mais musicas que falam de Deus , do amor de Deus me preenchem dimais , não só eu como meu adicto tbm .. quando a gente preenche o vazio com coisas lá do alto , fica cada vez menor as chances das coisas terrenas e carnais tomarem conta da gente .. lendo a Biblia e louvando a Deus a gente se liberta de muitas coisas dentro da gente .. Só não o critique ..
    foi como vc mesma disse .. antes fanatico do recaído né ..
    De Gloria a Deus por isso .. e peça pra sua filha ter paciecia .. ele só ta alimentando o espirito dele , a alma dele .. porque quando resolvemos alimentar nossa carne, só nos alimentaremos de drogas , prostituição , lacivia , adulterio .. atitudes ruins que nos levam pro fundo do poço ..

    ResponderExcluir
  3. Lu, não se assute. É como ja foi dito, é normal que ele substitua seu fanatismo por drogas por algum outro e GRAÇAS A DEUS que é pela igreja, por Deus.
    Tenha calma, se essa é a maneira que ele encontrou de se manter limpo e em recuperação, tenha calma. Se está assustada e sua filha também, converse com ele abertamente, não podemos estar sempre passando a mão na cabeça dos adictos. A partir do momento em que algo esteja te encomodando, é válido que compartilhe com ele, pode até ser uma maneira de dar abertura para que ele compartilhe coisas com você!
    Serenidade, querida! Feliz 24 horas!
    Tamujuntu!!

    ResponderExcluir
  4. Foi o que a Kel disse, o adicto acaba trocando uma compulsão por outra!!!
    Converse com o psicologo dele, acho que é a melhor pessoa pra lhe dar com tal situação

    Bjs!
    TamuJunto

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde Lu acho que vc deveria o sugerir a ele procurar ajuda psicologica... rezar só tem efeito qdo feito de coração assim seja sincera com ele e diga que vc tem seu proprio ritmo para orar... não o critique porem se esse habito dele a esta afetando mostre com carinho e tato a ele....felicidadea bjus

    ResponderExcluir
  6. Oi amiga o ideal é que o próprio adicto perceba o comportamento compulsivo que é da própria doença e tente mudar de alguma forma, o acompanhamento médico da doença é importante tb pois eles aprendem lidar com esta parte do comportamento que está neles. De forma alguma estamos criticando o jeito e a forma que cada um se mantém limpo, mais infelizmente tudo que é demais não é bom, o unico jeito é conversando e tentando chegar em um acordo que seja bom para os dois, afinal vcs são um casal.

    ResponderExcluir
  7. Oi amiga...Eu vejo da seguinte maneira:
    Lá na clínica como você mesma disse, era o dia inteiro oração, bíblia etc...Ele se adaptou a esse ritmo e, acredito que na cabeça dele, se ele perder esse ritmo ele irá recair. Enfim...essa é a maneira que ele encontrou para se manter longe do vício. Se é saudável ou não, isso eu não posso julgar, afinal como você disse, prefere um marido fanático que um adicto na ativa.
    A palavra de DEus fala que o homem deve ser o provedor e o pastor de sua família, vai que é isso que ele está tentando fazer também, pastorear vocês...hehe...Amiga, agradeça a Deus, como você já faz, por abençoar o seu lar e dar uma nova oportunidade ao seu esposo e a vocês. E, lembre-se: A presença de Deus nunca é demais na nossa vida e não será na vida de seu esposo. Se está difícil ore em particular e converse com Deus, exponha as suas dificuldades e o que você sente. Tenho certeza de que Ele encaminhará tudo da melhor maneira possível.

    Beijos Lu, fique em paz.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Oi LU !! Vc pediu opinioes rs entao vou dar a minha..amiga não é fácil manter-se limpo, é uma luta interior muito grande, nós vemos isso de fora, mas só eles sabem na real, seu marido se apegou com quem tem o poder de restaurar todas as coisas, ele se apegou com Deus, Deus faz aquilo que nós humanos nao temos o poder de fazer, que é transformar uma vida...Olha só meu marido esta assim tbm, e eu fico maravilhada, hj mesmo tive a melhor noticia, ele desceu as aguas do batismo, se entrgou mesmo a Deus, e se essa fé que vai mante-lo limpo Tamujuntooo !!! Amiga agradeça a Deus, antes um lar onde o chefe da familia agradece a Deus por se levantar, pelo alimento e pela noite de sono, do que um lar cheio de contendas, brigas, palavroes e a mardita droga reinando.

    ResponderExcluir
  10. Bom amiga o meu esposo voltou da mesma forma, e eu estava maravilhada, depois de algum tempo começou a esfriar na fé, e hoje não vai mais a igreja,nem ora, nem nada,e então, eu preferia um crente fanático mesmo, ao ter um marido na ativa, somente agradeça a Deus por essa benção, e peça a ele que lhe de sabedoria pra conduzir essa situação, peça graça e força. Uma coisa que aprendi, nunca peça paciência,pois Deus lhe prova, peça somente graça, e Deus tudo mais fará.
    O desejo do meu coração é ter um marido crentão, quer trocar comigo?
    bricadeirinha....kkkk beijos, tamo juntas.

    ResponderExcluir
  11. BoooOOOoooOOOoom dia Amiga. Como é de conhecimento por todas nós a recuperação se apoia em três principais pilares, que é a Espiritualidade, terapias e apoio familiar. É maravilhoso que ele esteja centrado e apoiado no principal pilar e a familia o esteja apoiando, mas ele precisa tb procurar ajuda dos grupos e terapeutica. A doença abrange os comportamentos do individuo, a igreja com certeza ajuda e muito nessa mudança, mas existem certas situações que irão exigir um conhecimento mais especifico nos comportamentos relativos a adicção e ele encontrará no grupo ferramentas para trabalhar essas características, sendo uma delas a compulsão e sempre enxergar as adversidades e inconformidades no próximo e tentar molda-los. Vemos isso no caso de no momento ele julgar sua fé e de sua filha inferior quando vc´s tem bem mais anos seguindo a palavra e lutando nos desígnios divinos, quando ele inflige a vc´s uma conduta religiosa que não é expontanea. Esse comportamento dele é parte da doença e ele deve buscar ajuda e trata-lo, a recuperação dele é uma caminhada, e ele irá aprender e mudar muito enquanto estiver disposto a segui-la, o importante e ele não deixar de caminhar. Lu manda ele pro grupo mulher, e se possível vai junto. Forte abraço e bons momentos! =)

    ResponderExcluir
  12. Amor... ele só está continuando o ritmo que tinha na comunidade, não pressione, encoraja!, Isso aos poucos vai diminuindo.... "tenha fé", "ore", rsrs... Tamu junta!
    Ria da situação... rir deixa as coisas mais leves!

    ResponderExcluir
  13. QUERIDAS E AMADAS AMIGAS , MUITÍSSIMO OBRIGADA PELO COMENTÁRIO DE CADA UMA DE VOCÊS,FOI MUITO IMPORTANTE PARA MIM OUVIR SUAS OPINIÕES...
    AGRADEÇO MUITO A DEUS PELA MUDANÇA QUE ESTOU VENDO NA VIDA DE MEU ESPOSO, SÓ FIQUEI PREOCUPADA COM O EXAGERO...MAS VOCÊS TEM RAZÃO,FICAREI AO LADO DELE NESTE MOMENTO ,POIS SEI QUE CERTAMENTE DEUS AOS POUCOS IRA DEVOLVER O EQUILÍBRIO DA VIDA DELE,NÃO TENHAM DÚVIDAS AMIGAS QUE EU PREFIRO UM MILHÃO DE VEZES MEU MARIDO NA PRESENÇA DE DEUS ,MESMO QUE FANÁTICO,DO QUE ELE NAS DROGAS E MINHA VIDA NAQUELE INFERNO....
    ACREDITO E TENHO FÉ QUE DEUS TEM UM TEMPO CERTO PARA TODAS AS COISAS,SÓ CABE A MIM TER UM POUCO MAIS DE PACIÊNCIA,MAS PARA QUEM JÁ CHEGOU ATE AQUI,NÃO ME CUSTA ESPERAR UM POUCO MAIS...
    BEM AMIGAS ENQUANTO ISSO COMO DIZ A IRMÃ ZULEIDE:#OREMOS...RSRSRS

    SÓ JESUS NA CAUSA!!

    BEIJOS E AMO VOCÊS INCONDICIONALMENTE...

    ResponderExcluir